CORPORATE SUSTAINABILITY

At Gaia Silva Gaede Advogados, social and environmental principles that seek the well-being of our professionals and the sustainable use of natural resources are part of our DNA. In recent years, we have worked to improve our internal activities that reflect on our day-to-day business, as an effort to decrease the waste of resources and to improve the planet’s quality of life.

Since we handle a high volume of cases, the first activity we evaluated was the conscientious use of paper. All our offices use paper with the Forest Stewardship Council (FSC) certificate. The FSC establishes standards for forest management, chain of custody and controlled wood for companies that use wood as a raw material. We also emphasize sending documents digitally, decreasing the amount of paper used in our daily work.

We know that a plastic cup takes up to 50 years to decompose and that this has an enormous impact on the environment. With a total of approximately 300 professionals in our offices, we decided to use ceramic mugs instead of plastic cups. This decision has eliminated the disposal of over 300,000 plastic cups each year.

Recycling is just as important as the conscientious use of non-biodegradable materials. That is why we have also invested in sustainability activities that involve our suppliers. Reverse logistics for batteries, coffee capsules and printer ink cartridges ensure the reuse of raw materials and a sustainable and ecologically-correct production cycle.

We believe that conserving the environment and biodiversity is an indispensable component for our future and the future of coming generations. Our firm is committed to constantly improving our environmentally-responsible activities to help make the world a better place.

 

INSTITUTO LASTING INICIATIVE FOR EARTH (LIFE)

 

Em 2013 o Gaia Silva Gaede Advogados foi a primeira pessoa jurídica prestadora de serviços do País a ter suas ações voltadas ao meio ambiente certificadas pelo Instituto Life. O certificado reconhece e distingue as organizações que integram à sua gestão a temática da biodiversidade, compensando seus impactos mediante ações voluntárias de sustentabilidade.

 

 


⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
PROJETO PAPEL ZERO

Grande parte do arquivo físico foi digitalizada, promovendo a migração para o sistema digital. O investimento em tecnologia e inovação possibilitou avançar com esse projeto, com plano de tornar tudo digital em alguns anos.

 


PROJETO VOLUNTÁRIOS DA PRAÇA

 

Desenvolver cidades mais sustentáveis é um dos grandes desafios do nosso tempo e exige ações que promovam mudanças positivas no entorno. Com esse olhar em sustentabilidade e pensando em medidas que promovessem eficiência energética e preservação de recursos naturais o GSGA adotou a praça do Largo Desidério Erasmo Rotterdam, em Curitiba.

O Gaia Silva Gaede Advogados revitalizou a praça de quase 3 mil metros quadrados, inaugurando em 2020 o novo projeto com: iluminação, playground adaptado para crianças com deficiência, academia, paisagismo, biblioteca comunitária, pista de caminhada e espaço para convivência.

Para realizar a manutenção e limpeza regular do local, o Escritório criou, em setembro de 2020 o Projeto Voluntários da Praça, possibilitando o engajamento dos profissionais, que ajudam a cuidar da jardinagem e compostagem, manutenção dos mobiliários, limpeza e conservação do espaço.

Com a adoção da praça, o Escritório se posicionou junto à comunidade, reforçando o plano de ação para mudar o mundo com a Agenda 2030, contribuindo com as ODS 03 (saúde e bem-estar) e ODS 11(cidades e comunidades sustentáveis). Com essa iniciativa, o GSGA recebeu o “Prêmio Mãozinha Verde” 2020/21.

Apoios

No logo found